Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018

MPE
Quinta-Feira, 04 de Outubro de 2018, 09h:44

JUSTIÇA MILITAR

MPMT apresenta alegações finais e requer condenação de envolvidos no “Caso Grampolândia”

Redação

Reprodução

Coronel PM Zaqueu Barbosa

 O Ministério Público do Estado de Mato Grosso apresentou nesta quarta-feira (03), as alegações finais no processo relacionado ao “Caso Grampolândia”. Em relação ao Coronel PM Zaqueu Barbosa foi requerida a condenação pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica e realização de operação militar sem ordem superior. Devido à continuidade delitiva da prática dos crimes, fator que ocasiona o aumento da pena, a  condenação pode chegar até 23 anos de prisão.

Nas alegações finais também foi solicitada a condenação do Cabo PM Gerson Luiz Ferreira Correa Junior por falsificação de documento público e falsidade ideológica, cuja pena pode chegar até 18 anos de prisão, também devido à continuidade delitiva. Já o CEL PM Evandro Alexandre Ferraz Lesco poderá será condenado pelo crime de realização de operação militar sem ordem superior, que prevê de três a cinco anos de reclusão.

Em relação aos acusados CEL PM Ronelson Jorge de Barros e  Ten CEL PM Januário Antonio Edwiges Batista, o Ministério Público se posicionou pela absolvição.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO