Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019

Mato Grosso

Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019, 13h:29

FALSA ACUSAÇÃO

Mãe de menino de 8 anos admite que foi tudo "armação" e não houve estupro

Falsa acusação coloca em risco a vida de dois meninos de apenas 10 anos de idade em Cuiabá

Jô Navarro

Reprodução

O advogado Daniel Ramalho ao lado de Flávio, pai da criança acusada.

A rivalidade entre três crianças resultou numa falsa acusação de estupro.

Na última segunda-feira (7) um garoto de apenas 8 anos contou para sua mãe que sofreu abuso sexual no banheiro da igreja que frequentam. Acusou dois meninos de 10 anos de terem cometido o suposto estupro. Ao ouvir o relato a mãe entrou em desespero, postando mensagens no WhatsApp, ameaçando chamar uma facção criminosa para 'fazer justiça' contra os acusados. "Vou no diabo a quatro, no comando, em qualquer m...", disse ela.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o garoto de 8 anos foi submetido ao exame de corpo de delito. Naquele momento o médico avisou a mãe que não havia sinais de abuso sexual. O laudo ainda não foi entregue, mas isto fez com que a mãe refletisse e fosse em busca da verdade.

Testemunhas sairam em defesa dos dois acusados, que na verdade estavam na classe das crianças com uma professora. As igrejas evangélicas têm classes especiais para crianças, por faixa etária. Eles não foram ao banheiro como relatado pelo pequeno de 8 anos.

Enquanto isso, os pais dos meninos de 10 anos recorreram à Justiça pedindo medida protetiva de urgência, pois estão sendo ameaçados de morte.

Leia aqui: Advogado pede medida protetiva para criança de 10 anos acusada de suposto abuso sexual

Nesta quarta-feira (9) os pais das três crianças reuniram-se na sede do Conselho Tutelar na região do CPA . A mãe da suposta vítima afirmou que seu filho admitiu que foi "tudo armação". Ela se dispôs a fazer uma retratação por meio de áudio, para não deixar dúvidas sobre o caso.

Para o Dr. Daniel Ramalho, que assumiu a defesa dos acusados, "situações amargas como esta nos mostra como falsas acusações podem interferir na vida das pessoas. Protocolamos medidas protetivas para resguardar a vida de um dos menores acusados injustamente de um crime bárbaro. Com efeito chamamos atenção aos órgãos de proteção a criança e adolescente para fiscalizar o modo de criação deste menor de 08 anos".

Medida protetiva
Para o advogado Daniel Ramalho, o risco para os dois meninos acusados é iminente, pois que nem todos têm conhecimento da verdade, "Foram dezenas de sites de notícia replicando essa notícia, as famílias já receberam ameaças, concluímos que a medida protetiva mesmo após a confissão da mãe do outrora vítima se faz mais do que necessário para resguardar a integridade física e psicológicas das crianças de 10 anos".

Outro lado

A reportagem conversou por meio do aplicativo WhatsApp com a mãe do menino de 8 anos, abrindo espaço para uma manifestação sua. Ela se recusou a prestar qualquer declaração, afirmando que vai responder apenas aos advogados dos meninos e atribuiu à imprensa a responsabilidade 'por tudo que está acontecendo".  

Leia também:

Conselho Tutelar encaminha para psicóloga menino de 8 anos que mentiu sobre estupro

 

22 COMENTÁRIOS:

Caso serio teria que saber com quem ele anda com quem ele conversa e oque conversa, deve ser criança criada sem instrução sem oraçao Nao é só levar na igreja e sim educar em casa. Crianças devem ser criadas nos olhos dos pais. Hoje em dia as crianças ja tem seus celulares e acesso facil com internet e tambem assistem jornais que dizem só coisas pesadas. Referente oque ele disse. Devemos redobrar nossa atenção. Precisa conversar com ele pra ver se nao tem alguem abusando dele mesmo derrepente ele quis desabafar algo que ele carrega.
enviado por: Noemi em 10/10/2019 às 15:17:40
0
 
0
responder
Estou passando pelo mesma situação, meu filho foi acusado a 4 meses por um vizinho de 9 anos sobre um suposto abuso ,na data foi feito o exame de corpo e delito e o resultado não deu nada,porém a família insiste em dizer que houve o abuso e q o exame foi falsificado . A 4 meses meu filho está longe de casa por conta de ameaças pesadas ,mas espero em Deus a verdade aparecer.
enviado por: Edma Silva em 10/10/2019 às 13:01:49
0
 
0
responder
O que fazer com uma criança que tem uma mente dessas.
enviado por: JUREMA DOS SANTOS em 10/10/2019 às 09:11:28
0
 
0
responder
Resumo da estória, tem um pré adolescente precisando urgente de ajuda profissional,nossas crianças estão atualmente expostas a informações que confundem suas cabeças sexismo e violência, amadurecimento precoce, isso é um alerta para os pais que precisam retomar o seu papel dentro da família,Independente de religião que pode sim,ajudar mas não é religião e nem professor, que devem começar essa educação, tem que começar dentro de casa... olhos abertos pais, vocês são os *responsávelis* pelo futuro desta geração.
enviado por: Cida Santos em 10/10/2019 às 09:04:50
0
 
0
responder
Essa mulher é tão babaca, que se ela fosse mesmo acionar facções criminosas para fazer "justiça", e ao descobrirem que tudo foi mentira, ela e o filho iriam pagar com a própria vida. Ignorância é assim, gritar berrar ameaça é um descontrole que acaba atingindo as outras pessoas.
enviado por: Marcelo em 10/10/2019 às 08:39:24
0
 
0
responder
Lógico q logo de cara ficamos nervosos e queremos defender nossos filhos..mais daí procurar facção p resolver..primeiro tem a justiça p esclarecer e se ela não fizer e vc tendo certeza vai e faz..essa criança merece uma surra boa p não mentir nunca mais sobre nada..mais tb è de se investigar se nao sofre bullying e essa mãe ver a educação q ta dando pq não è que se diz cristã q o filho è santo..sempre temos q conversar sobre a vida..coisas boas e ruim
enviado por: Fernanda Alves em 10/10/2019 às 08:25:38
0
 
0
responder
Moleque foda !oito anos já fazendo merda imagina quando crescer!
enviado por: Seni em 10/10/2019 às 07:14:14
0
 
0
responder
Esse menino de 8 anos deve tá passando por abusos sim! Agora basta saber por quem!!! Pode ser alguém que esteja bem perto dele.
enviado por: Daniela em 09/10/2019 às 23:13:22
0
 
0
responder
Pois, além da retratação, deveria dar uma boa massagem de cipó no lombo do filho para ele nunca mais agir dessa forma. E olha que a praga só tem 8 anos. Sementinha do mal.
enviado por: Iracilda em 09/10/2019 às 22:50:42
0
 
0
responder
Não, olha o poder de convencimento da igreja. Só Jesus na causa.
enviado por: Roberto em 09/10/2019 às 21:39:38
0
 
0
responder
Mateus 19 verssicu 19 :18 não diras Falco tesmunho, isso é do diabo
enviado por: Irmão pimenta em 09/10/2019 às 21:39:08
0
 
0
responder
Estou chocada, li essa matéria ontem é falei com meu marido, hoje vejo que tudo é mentira como esse garoto é perigoso isso é muito sério, pra mim essa mãe não está educando esse garoto direito meu Deus.
enviado por: Ione parreira da silva em 09/10/2019 às 20:49:09
0
 
0
responder
Essa criança só está sendo reflexo de como a mãe e invés de procurar apurar a situação não faz ameaça as pessoas fala que mata ela tinha que ser presa para aprender se comportar com uma situação dessas
enviado por: G em 09/10/2019 às 20:15:59
0
 
0
responder
Como diz, cristão todo mundo que está na igreja diz ser... Mas, uma vez reconhecido o erro, esta mãe e este pai deveriam ir publicamente em jornal local se retratar, de forma a não colocar a vida dos outros menores em risco, e como bem também mostrar ao seu filho de oito anos que tudo tem um preço na vida, e a mentira cobra bem caro. Bem dito, é de pequeno que se torce o pepino.
enviado por: Nádia Cristina Gravina em 09/10/2019 às 18:58:12
0
 
0
responder
SEMPRE A MESMA MELDA! ENTRA ADVOGADO, SAI UM ACORDINHO FINANCEIRO E ABAFA TUDO. O QUE O DINHEIRO NÃO É CAPAZ DE FAZER! É O TOPA TUDO POR DINHEIRO! V E R G O N H A!
enviado por: Michael Kors em 09/10/2019 às 18:31:15
0
 
0
responder
Misericórdia, olha a mente suja dessa criança,e a mãe nem procurou apurar os fatos primeiro.
enviado por: Ariara em 09/10/2019 às 18:12:29
0
 
0
responder
Olha o bom exemplo e ainda se diz evangélica, pelo jeito não participa dos cultos de ensino ( se é que tem ) e nem vai para EBD. Chamar facção criminosa isso manda matar todo mundo daí depois aparece chorando lágrimas de crocodilo.
enviado por: Ademar Iannes Dos Santos em 09/10/2019 às 17:37:03
0
 
0
responder
Um menino de 8 anos pensa desse jeito a mãe do menino em vez de querer leva o filho pra um pisicologo tenta acalma a criança logo pensa em matar ... Esse e o Brasil que temos hoje. .... Primeiro que se uma criança de 8 anos tem um ato de menti a esse ponto falar a palavra estrupo sem se coloca no lugar do outro no que pode acontecer. .. quando ele tiver uns 20 anos a população vai ter que toma cuidado porque uma pessoa com uma mente dessa coloca as outras em risco credo ...
enviado por: Pâmela do livramento Paula em 09/10/2019 às 17:32:10
0
 
0
responder
Ela não conhece facção criminosa nenhuma,acontece q todos sabem onde ficam e se precisar eles fazem a lei e a pena, mas se for mentira eles matam quem fez a acusação.o garoto que acusou deve ter motivos para acusar esses dois, é bom averiguar, pode ser bullying, é preciso uma boa conversa, se esse sofreu Billing é bom ficarem espertos.
enviado por: Cibele em 09/10/2019 às 17:06:02
0
 
0
responder
Mais sera si nao vao investica esa mullher ai por amesas a eses dois meninos pelo geito els e bem.perigosa conhese ate facsao criminosa
enviado por: Marcelo feitosa da silva em 09/10/2019 às 16:55:59
0
 
0
responder
Sou crista evangélica, sei que o primeiro momento é o instinto ser humano defender a tudo custo nossos filhos! Mas gostaria de deixar aqui minha indignação pela postura dessa mãe que é crista não ter averiguado os fatos e conversado com seu filho e com os pais das crianças antes de tomar qualquer atitude, afinal se estamos na igreja buscando e adorando ao um Deus vivo e temos esse tipo de postura, Deus não faria sentido em nossas vidas e nossa fé seria morta! Então que sirva de lição para que essa mãe pense duas vezes antes de tomar qualquer atitude impensadas, pois tenho uma filha de 8 anos também é criada na igreja crista e estuda também em escola crista e nunca teria esse tipo de atitude de inventar uma coisa dessa é muito para uma criança de 8 anos , averigua com que ele tem andado e brincado, pois algum adolescente ou primo maior pode ter o influenciado ! Agora essa criança é muito pequena pra inventar isso é saber na íntegra o que é estupro , tem algo errado ! Mae que sua fé e olhos sejam sempre para Deus é nossa confiança é nele o ser humano é falho e desde pequeno já é um pecador ! Cada vez mais me surpreendo com as atitudes dos seres humanos principalmente dentro das igrejas onde deveríamos ser exemplos para alcançarmos vidas! Temos que orar e vigiar mais pois Jesus já disse que o diabo vem para matar roubar e destruir e se não vivíamos ele faz a festa!
enviado por: Paula Jardim em 09/10/2019 às 16:51:35
0
 
0
responder
Abafa o caso,,sempre assim,,
enviado por: Maura Da silva em 09/10/2019 às 14:52:14
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO