Sábado, 17 de Novembro de 2018

STF
Quinta-Feira, 21 de Junho de 2018, 12h:14

OBRA SUPREMA

"Tenho a sensação de que se passaram 50 anos em 5", diz Barroso sobre tempo no STF

Gabriela Coelho

Reprodução

"É um experiência gratificante, vida intensa que me proporciona a possibilidade de servir ao país sem nenhum outro interesse de fazer um lugar melhor e maior", disse Barroso sobre seu tempo no Supremo.

“Tenho a sensação de que se passaram 50 anos em 5.” Foi assim, parafraseando o lema do governo do presidente Juscelino Kubitschek, que o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, resumiu seu tempo na corte.

Nesta quarta-feira (20/6), ele participou do lançamento do livro 5 anos de Supremo, feito em sua homenagem por assessores do gabinete.

“Meus assessores se reuniam nestes anos sem que eu tivesse a mínima ideia. É um experiência gratificante, vida intensa que me proporciona a possibilidade de servir ao país sem nenhum outro interesse de fazer um lugar melhor e maior”, disse.

Escrita por Renata Saraiva, Aline Osório, Estevão Gomes e Rafael Gaia Edais Pepe, a obra traz histórias de todos os assessores e juízes que participaram da vida do ministro desde 26 de junho de 2013, quando ele entrou para o Supremo. O livro está dividido em três capítulos, que relembram casos emblemáticos em que o Barroso atuou, além de assuntos ligados à constitucionalização dos ramos do Direito e às mudanças institucionais na corte.

O prefácio é assinado pelo ministro aposentado Ayres Britto, antecessor de Barroso. “É fácil demais prefaciar um livro em homenagem a Barroso, um exemplo de amigo e magistrado. Tudo que ele faz é com lonjura e profundidade, é um cara totalmente do bem, de coração bom”, disse, emocionado.

Além de Britto, participaram do evento em Brasília os ministros do Supremo, o ministro aposentado Sepúlveda Pertence, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, a advogada-geral da União, Grace Mendonça, advogados e juristas.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!