Sábado, 21 de Julho de 2018

STF
Domingo, 24 de Junho de 2018, 08h:07

STF

Marco Aurélio Mello, do STF, diz que prisão de Lula viola a Constituição

Jornal do Brasil

Reprodução

Ministro Marco Aurelio

Marco Aurélio Mello, ministro do Supremo Tribunal Federal, disse, em entrevista concedida a uma emissora de televisão portuguesa, que a prisão do ex-presidente Lula viola a Constituição.

“Processo, para mim, tem unicamente conteúdo. Eu não concebo, tendo em conta minha formação jurídica, minha experiência judicante, não concebo essa espécie de execução”, comentou Marco Aurélio.

O ministro defendeu que a prisão antes do julgamento do último recurso viola a Constituição. Diz que “ninguém será culpado antes do trânsito em julgado”.

“Imagina-se no campo da liberdade a execução provisória? Ninguém devolve ao cidadão a liberdade perdida”, completou o magistrado.

Companheiro de Marco Aurélio no STF, Edson Fachin rejeitou, na sexta-feira (22), pedido protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para aguardar em liberdade o julgamento de mais um recurso contra a condenação na Operação Lava Jato. Com a decisão, o caso não será julgado na próxima terça-feira (26) pela Segunda Turma da Corte, e Lula continuará preso.

A decisão do ministro foi tomada após a vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4), Maria de Fátima Freitas Labarrère, rejeitar pedido para que a condenação a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex em Guarujá (SP), um dos processos da operação, fosse analisado pela Corte.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!