Sábado, 18 de Novembro de 2017

Embaixador da Noruega sinaliza interesse em contribuir no desenvolvimento sustentável de MT | Caldeirão Jurídico
Estadual
Quarta-Feira, 13 de Setembro de 2017, 17h:30

PARCERIA

Embaixador da Noruega sinaliza interesse em contribuir no desenvolvimento sustentável de MT

Evelyn Ribeiro Gcom - MT

José Medeiros

O embaixador da Noruega, Nils Martin Gunneng

Há apenas duas semanas no Brasil, o embaixador da Noruega, Nils Martin Gunneng, cumpriu agenda de compromissos em Mato Grosso e se reuniu com o governador Pedro Taques nesta quarta-feira (13.09), para sinalizar o interesse em desenvolver parcerias voltadas à preservação do meio ambiente, desenvolvimento econômico e sustentável.

Durante reunião no gabinete, o chefe do executivo apresentou dados de produção de grãos, números significativos no rebanho bovino e suíno no Estado, e também enfatizou a redução do desmatamento nos últimos 10 anos, assim como a meta de redução total para 2020.

Segundo ele, uma das estratégias para aumentar a produção e evitar o desmatamento está sendo construída por meio do PCI (Produzir, Conservar e Incluir), com o objetivo de captar recursos para o Estado de Mato Grosso objetivando a expansão e aumento da eficiência da produção agropecuária e florestal e conservação dos remanescentes de vegetação nativa.

“A visita do embaixador da Noruega também representa o reconhecimento de que Mato Grosso tem feito avanços na questão ambiental. É uma demonstração que o PCI tem dado resultados, e tenho certeza, que as nossas relações vão se aproximar para que os nossos povos possam ter mais condições de viver em um mundo sem poluição, sem degradação”, destacou o governador Pedro Taques.

O embaixador diz reconhecer as fortes características do agronegócio que diferenciam Mato Grosso de outros Estados e que seu país pretende desenvolver de um fundo para auxiliar estados em várias áreas.

“O que Mato Grosso representa para nós é a visão de um futuro melhor. O governador e seu time estão mostrando coragem, assistência e idealismo. Viemos aqui para mostrar o nosso suporte e nossa aprovação pelo que seu time está fazendo, e o que o Mato Grosso está fazendo para o mundo. Estamos muito gratos por esse trabalho maravilhoso”, afirmou Nils Martin Gunneng.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone e o vice governador e secretário de Meio Ambiente, Carlos Fávaro, também participaram da reunião.  Fávaro destacou que o Estado é gigante na produção de grãos, porque conta com fatores indispensáveis como tecnologia de ponta e clima favorável. No entanto, as questões ambientais precisam ser tratadas em conjunto.

“Reafirmamos a ele [embaixador] zerar o desmatamento ilegal até 2021, mas esse não pode ser um compromisso só dos mato-grossenses, do Governo do Estado ou da população. Precisamos da ajuda internacional, da participação de todos que tenham interesse na preservação”, frisou o secretário.

Seguindo esse contexto, o secretário adjunto da Sema, André Torres Baby, falou sobre a expectativa para a 23ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (COP 23), agendada para os dias 6 e 17 de novembro deste ano na cidade de Bonn, na Alemanha.

“Mato Grosso tem feito diferente e contribuído para a redução das emissões, combate ao desmatamento, e esse posicionamento hoje é marcante para o Estado. Estamos levando até a COP 23, novos projetos, projetos aprovados junto a KFW, um fundo de um banco alemão. Estamos aprovando hoje uma iniciativa com o apoio da Noruega e tudo isso nos deixa muito contentes, ou seja, Mato Grosso está dando um passo largo”, disse.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO