Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019

Cidades
Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 10h:42

CASO PAROU NA DELEGACIA

Chefe de gabinete proíbe entrada de ativista do Nico Baracat II

Neto recebeu apenas duas mulheres contempladas, fez "promessa", mas prefeitura não marca data para entrega das chaves

Cícero Henrique

Liderados pelo ativista Mário Benevides, contemplados que aguardam a entrega das casas do conjunto habitacional Nico Baracat 2 estiveram na prefeitura de Cuiabá na última sexta-feira (13).

Barrados na recepção e impedido de subir ao sétimo andar do Palácio Alencastro, o grupo gravou uma live que mostra um servidor que se identifica como Messias, que disse trabalhar no gabinete do prefeito e que este estava viajando. Pediu que o grupo formasse uma comissão e retornasse nesta segunda-feira (16) que seriam atendidos pelo prefeito Emanuel Pinheiro.

Arquivo pessoal

Antonio Monreal Neto

Chefe de gabinete proibiu entrada de líder do movimento e recebeu apenas duas contempladas

Hoje a comissão liderada por Mário Benevides retornou à prefeitura, mas ele foi novamente barrado na recepção. Antonio Monreal Neto proibiu a entrada do líder, segundo relato do grupo.

Leia também: Ativista diz que Emanuel deu ordem para ninguém atender seus pedidos na prefeitura

Apenas duas mulheres integrantes da comissão foram recebidas pelo chefe de gabinete, mas não pelo prefeito. Neto reafirmou a promessa de entrega das casas "até o final de setembro, começo de outubro" e alegou que falta a liberação de uma parte do recurso e depende de votação de projeto de lei na Câmara Municipal.

Contemplados Nico II

 

A previsão inicial de entrega dos 443 imóveis era 2017. Os contemplados têm realizado diversas manifestações, denunciaram o caso no Ministério Público Federal e Estadual, que estão investigando supostas irregularidades.  São mães, pais de família e pessoas com deficiência que não conseguem mais pagar aluguel.

O prefeito Emanuel Pinheiro prometeu, na solenidade de entrega do Nico Baracat I, que a segunda etapa seria entregue ainda em setembro. Segundo os contemplados, ainda não foi marcada a data de entrega.

O veto do chefe de gabinete à entrada de Mário Benevides configura um ato arbitrário, segundo o próprio, que chamou a polícia e registrou Boletim de Ocorrência na delegacia. Veja AQUI

BO registrado

Mario Benevides registrou BO depois de ser proibido de entrar na prefeitura de Cuiabá

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO