Domingo, 23 de Fevereiro de 2020

Brasil

Quinta-Feira, 16 de Janeiro de 2020, 07h:08

SUSPEITO DE CORRUPÇÃO

TSE mantém afastamento de Eurípedes Júnior do comando PROS

Redação

Reprodução

Eurípedes Júnior

A ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou pedido do presidente destituído do PROS, Eurípedes Júnior, de reintegração ao cargo.

Ele foi afastado por suspeita de corrupção pela Executiva Nacional Provisória do partido. Eurípedes Júnior é acusado de desvio de recursos do fundo partidário, que renderam à sigla cerca de 20 milhões só no ano passado

A decisão da ministra endossa sentença do Tribunal de Justiça do DF, que negou pedido de  Eurípedes Junior de reintegração de posse da sede do PROS, uma mansão no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. 

Recentemente, o político também foi acusado de agredir a filha em Planaltina.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO