Domingo, 05 de Julho de 2020

Brasil

Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020, 08h:13

CRITICA ALIANÇA COM O CENTRÃO

Sérgio Moro diz no Fantástico que Bolsonaro esvaziou agenda contra corrupção

Redação

Reprodução

Moro no Fantástico

Numa entrevistas de 20 minutos ao programa Fantástico, da Rede Globo, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro afirmou nesse domingo (24) que faltou apoio do presidente Jair Bolsonaro a ações de combate à corrupção. “Me desculpe aqui os seguidores do presidente se essa é uma verdade inconveniente, mas essa agenda contra a corrupção não teve um impulso por parte do presidente da República”, disse. Segundo o ex-juiz da Operação Lava Jato, medidas nesse sentido foram sendo “esvaziadas” pelo presidente.

Moro declarou na entrevista que considera “questionáveis” as recentes alianças feitas por Bolsonaro com os partidos do Centrão. Como se sabe, o presidente tem se aproximado do bloco – e negociado cargos com o grupo – em troca de apoio no Congresso.

O ex-ministro também foi indagado sobre a condução da pandemia do novo coronavírus pelo presidente. Para Moro, que defende o isolamento social como principal medida de prevenção à covid-19, Bolsonaro adota postura “negacionista” em relação ao vírus. “Acho que a minha lealdade ao presidente demanda que eu me posicione com a verdade, com o que eu penso, e não apenas concordando com a posição do presidente. Se for assim, ele não precisa de um ministro, precisa de um papagaio”, afirmou o ex-juiz ao comentar as divergências com o chefe do Executivo em relação à crise na Saúde.

Comentários

Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO